Diarinho: Aterrissagem

Demorou, mas finalmente consegui colocar os pés no chão de novo.

Fui assistente de um seminário de auto-conhecimento, o Insight, por cinco dias e acabei entrando no processo também. Já falei aqui o quanto dou valor a isso. E, vou confessar, é um pouco viciante. Quanto mais você descobre, mas você vê o quanto precisa melhorar. Às vezes você pode mergulhar tão fundo que demora um pouco para voltar a superfície. Eu estava aí, tentando sair da água.

Daí eu saí da água e comecei a voar. A vida é muito louca. Comecei a viajar na maionese e que, bem, eu acho bem mais confortável do que ficar lá no fundo. Só que não pode ser o 8 ou 80, né? Precisa-se encontrar o equilíbrio; vivendo na minha realidade.

Ontem tive a grata oportunidade de visitar um instituto de crianças carentes aqui de Brasília. Com a ajuda do mesmo grupo do seminário que citei lá em cima, passei duas horas muito bacanas brincando e lanchando com a galerinha. Foi um momento mágico; ele que me puxou para a terra. Se existe algo que me coloca no prumo é serviço, caridade e amor. Afinal, são esses tipos de ações que achamos que estamos proporcionando algo para alguém e, na verdade, é para nós mesmos.

Então, agora, c-h-e-g-u-e-i! Blog volta, livros voltam. Aterrissei para pegar o voo dentro da minha imaginação, aquele que sempre me leva de volta para o caminho da escrita.

PS: Mudei a foto do gravatar para que vocês possam ver minha carinha de fato como ela é. =)

Anúncios

3 comentários sobre “Diarinho: Aterrissagem

  1. Um palestrante disse uma vez: “Caridade é o Amor em ação”, desde então penso que mesmo não sendo ainda capaz de amar verdadeiramente (já que o amor não é apenas a afeição e empatia) eu posso servir, no mínimo, como instrumento do amor divino e fazer a diferença, nem que seja mínima na vida de alguém, e com isso mudar minha vida também.
    Fazer um trabalho voluntário, principalmente esses em que você entra em contato com pessoas, são momentos de muito aprendizado e alegria, momentos prazerosos que só quem faz consegue compreender, você doa seu tempo, sua energia e em troca recebe a renovação de forças de esperança, de amizade, de carinho. É muito bom! Parabéns pelo trabalho, espero que essas visitas de vocês se tornem constantes porque não há nada melhor. Sábado participei da entrega mensal de enxoval para gestantes carentes, e enquanto as futuras mamães recebiam uma palestra de orientação de um médico voluntário, eu e meu irmão mais novo (9 anos) passamos a manhã entretendo as crianças que estavam lá, e é tão divertido mesmo com pouca coisa… ler um história, brincar de pique-bandeirinha, acompanhá-las ao banheiro, cuidar de um joelho ralado ou daquele pequeninho que chora pela mãe, mas logo se distrai com o giz-de-cera, tudo isso vai aos poucos fazendo a diferença, porque a caridade vai além do material, vai de dar atenção, ouvir, brincar, tudo, e é bom sair com aquele abraço apertado e o “Tchau tia!”. Saber também que estamos fazendo algo por todas aquelas barrigudinhas (algumas garotas de 13, 14, 15 anos, outras que estão lutando pra cuidar do 6º filho, que não tem condições de manter) é gratificante, ver o sorriso no rosto delas depois dá aquela sensação de trabalho cumprido. A gente tem um choque de realidade e aí para de achar que nossos problemas são tão difíceis. Somos tão abençoados, temos tantas chances, tantas oportunidades, não há nada melhor que doar um pouco do nosso tempo para o trabalho no bem.

    1. Concordo, Nat. Por isso adoro trabalho voluntário. É amor. O legal que nessa casa que a gente foi, já conhecíamos as crianças porque fizemos um seminário de graça pra eles. É muito gratificante ver que mesmo depois de quase um ano eles ainda abrem o mesmo sorriso para gente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s