Vida e morte

Já tem um tempo que estou querendo escrever este post. E eu sei bem quando esta vontade começou; foi com a morte do candidato a presidência, Eduardo Campos. Entendam. Eu estava na porcentagem que acreditava que ele era um caminho certo de mudança para o Brasil. Daí no dia 13 de agosto, uma amiga soltou num grupo do whatsapp que o avião dele havia caído. “Deve ter sido só um susto, está tudo bem”, pensei. Meia hora depois estava eu na frente da TV (eu não assisto televisão) acompanhando tudo sobre o acidente. O avião havia explodido no meio da cidade. Não houve sobreviventes.

Há duas semana, antes da sexta-feira do K-pop World Festival, meu cachorrinho, o Indiana Jones, não estava nada bem. Já eram quase dois meses do bichinho desanimado, vomitando sem parar e só piorando a cada dia. Enchemos ele de remédios. Nada. Às vezes, enquanto tomava banho, chorava sozinha porque meu pequeno parecia que partiria a qualquer momento. No dia do evento, depois de passar a manhã tomando soro no pet, minha mãe resolve levá-lo ao hospital veterinário Clemenceau. Decisão mais do que sábia. Em vez de falência nos rins e úlceras no fígado, Indy estava com prostatite. Fez uma cirurgia. Já está mais que recuperado, cheio de energia e vontade viver.

Segunda-feira, três dias atrás. Depois de um dia longo de trabalho (precisei até substituir um colega nas aulas), cheguei em casa cansada. Procuro minha mãe para cumprimentá-la, ela fecha o rosto e diz: tenho duas notícias para te dar. Da segunda eu não me lembro, mas a outra me chocou profundamente: o primo de um dos meus melhores amigos (que eu considero como um primo) havia falecido num acidente de moto. “Mas ele era piloto”, constatei. Pois é, mas ainda assim uma moto havia tirado a vida dele. Ele era divertido. Tinha 33 anos, muito novo.

Ontem à noite. Após passar quase o dia todo trabalhando no meu livro, resolvo dar uma pausa e ver as últimas notícias do mundo do k-pop. Quase que sincronizado, uma janela de bate-papo sobe. “Marina, a menina do Ladies’ Code morreu”, meu amigo escreveu. Troquei a janela do facebook pela do site internacional de notícias que gosto de acompanhar, o allkpop. EunB, integrante da girl band citada, havia falecido num acidente de carro. Duas outras membros estavam em estado grave, as demais não se feriram tão gravemente. A única música que tenho do grupo no meu iTunes não para de soar na minha cabeça desde então.

Este é um post mórbido. Bom, mais ou menos. Não vou mentir. Eu realmente estou meio abalada com tudo isso. Foi como um efeito bola de neve, entende?

A única certeza que tenho nesta vida é a de que algum dia o prazo de validade do meu corpo vai expirar. Não sei como e nem quando, mas espero que ainda demore um bocado e que só aconteça depois dos meus pais já terem passado para o lado de lá. Gostaria de não sofrer muito também, nem morrer afogada. Mas não sou muito de pensar nisso. Juro. Foram apensas divagações.

Agora estou viva, mas eu não sei se ainda estarei amanhã ou daqui há dois minutos. Eu quero viver. Eu tenho ainda muitos sonhos a compartilhar e livros para publicar. Pretendo conhecer vários países e visitar meus amigos de todo o canto do música. Ficaria feliz em ter  manter minha própria rede caridade, apoiando crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais e animais. Vou aprender alemão e coreano. Quero aproveitar muitos momentos com a minha família toda, inclusive o meu cachorrinho. Também seria legal encontrar um parceiro que me acompanhasse por aí. Cumprir com a missão que me propus quando vim a Terra, isso é bem importante. O mais importante, para falar a verdade.

Bom. Passaram muito mais que dois minutos e ainda estou viva. Ufa. Apesar da tristeza ainda assolar meu coração, botar todos esses sentimentos para fora foi um exercício de catarse. Admitir que se está com medo de algo é o primeiro passo para a bravura.

Eduardo Campos. Bruno Assad. EunB. Descansem em paz. Mesmo não estando mais aqui neste plano, vocês me ensinaram uma bela lição de vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s