Versionando: “Algo Mais”

“Algo mais” seria o título que eu daria para a versão que escrevi de “SOME”, colaboração entre a Soyou (integrante de umas das minhas girlbands favoritas, o Sistar) e do cantor Junggigo. Essa música foi um estouro na Coreia do Sul desde que foi lançado, o que rendeu vários prêmios para a dupla.

No clipe, Dasom (também do Sistar) e Baro (da boyband B1A4) representam duas pessoas que se gostam, mas, sendo orgulhosas ou não tendo coragem de dar o próximo passo, não conseguem entender em que tipo de relacionamento estão. É uma fofura só. E um bom exemplo disso seria o refrão, que  traduzido ficaria mais ou menos assim:

 Esses dias, parece que você é minha, parece que é minha, só que não 
 Parece que eu sou sua, parece que sou sua, só que não
O que nós somos? Estou confusa, não seja distante
Parece que nós somos amantes, parece que somos amantes, só que não.

Toda vez que me vê, você é tão vago
Esses dias, odeio ouvir que sou apenas um amigo

Daí eles falam sobre situações que estão passando, como gostariam que o relacionamento deles fossem e, por fim, chegam a uma conclusão. Como já disse, uma fofura só. Uma letra dessas, uma melodia terna e dois ótimos cantores resultou numa paixão imensa pela música. Consequentemente, uma vontade louca de fazer uma versão.

Anúncios